Lula diz que PT pode ter que escolher outro candidato a presidente para 2018

Apesar de ser a grande promessa para as eleições 2018, Lula afirmou que o Partido dos Trabalhadores (PT) poderá ter que descartar sua candidatura e escolher outro candidato a presidente para as eleições 2018. Tudo isso vem acontecendo após as novas suspeitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de corrupção por ex-executivos de empreiteiras.

O receio é que uma condenação em segunda instância na Operação Lava-Jato, tornando Lula um candidato inelegível com base na Lei da Ficha Limpa.

eleições 2018
Lula diz que PT pode ter que escolher outro candidato a presidente para 2018

Lula, durante uma entrevista a revista Reuters, afirmou estar bastante relutante contra essa situação”Sei que meus inimigos querem impedir qualquer possibilidade de eu me tornar candidato e estou lutando fortemente contra isso. Mas ninguém é insubstituível. Se houver algum problema com a minha candidatura, o PT terá de conseguir lançar um outro candidato.”

➤ Veja os resultados das: Últimas Pesquisas Eleições 2018

 

A reação do PT às novas suspeitas é reforçar o máximo possível o empenho na defesa de Lula tanto nas ruas quanto nas redes sociais oficiais do candidato. Afinal, nenhum dos seus aliados dentro do partido ousará questionar ou cobrar explicações sobre as acusações contra o ex-presidente.

Lula é visto no Partido dos Trabalhadores como alvo de perseguição da Lava-Jato e vítima de uma campanha para impedir sua candidatura em 2018. Por outro lado, após a divulgação dos depoimentos da Odebrecht e a delação do empreiteiro José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, a possibilidade de condenação para o candidato, se torna muito maior.

Atualmente, Luiz Inácio Lula da Silva  é alvo de seis pedidos de abertura de inquéritos enviados pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), à primeira instância da Justiça Federal com base nas delações da Odebrecht.


Possível Solução para o desfalque que Lula fará nas eleições 2018

Embora a ordem inicial seja sair em defesa de Lula, no PT já se fala em um cenário no qual ele seria um grande cabo eleitoral transferindo votos para outro candidato e apesar de não ser a situação dos sonhos para os partidos de esquerda, já é de grande valia.

 Uma das possibilidades é o partido indicar um nome para ser vice na chapa de Ciro Gomes (PDT). O mais citado é o do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. 

Além disso, uma possível solução são a mobilização popular em defesa do petista e a criação de uma narrativa favorável a Lula. Afinal, uma grande quantidade de sindicatos e movimentos sociais já estão realizando desde o início do ano de 2017 atos em todo o Brasil em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo ‘fora Temer’, ‘diretas já’ e contra as reformas trabalhista e da Previdência.

PT e movimentos sociais fazem ato pró-Lula 2018

Mas, o Partido dos Trabalhadores anda bastante dividido sobre a candidatura dele nas eleições 2018. Em uma entrevista ao portal Gazeta on-line, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto afirmou “Essa possibilidade (de o Lula não poder concorrer) não passa pela nossa cabeça. Nós só temos um plano, o plano A”.

Outro componente de peso do PT, Marcio Macedo, um dos vice-presidentes, indagou “Não vamos aceitar esse tipo de condenação política sem nenhuma prova material.”

E você, o que acha que acontecerá com o ex-presidente Lula em 2018? Acredita em uma possível candidatura ou é a favor da sua condenação? Deixe o seu comentário! A sua participação é de extrema importância.

Em breve voltaremos com novidades sobre as eleições 2018, continue nos acompanhando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *