Geraldo Alckmin volta a afirmar a vontade de ser candidato a presidente em 2018

As movimentações para as eleições 2018 já estão bastante intensas e um dos grandes pontos de atenção fica para a definição da candidatura do PSDB, que deve ocorrer até os últimos meses do ano de 2017! Enquanto isso, o governador Geraldo Alckmin já anunciou a sua intenção de se pré-candidatar.

eleições 2018
Geraldo Alckmin volta a afirmar a vontade de ser candidato a presidente em 2018

“Se você me perguntar se quero ser, eu digo que sim e estou preparado para ser candidato. Não vai ser fácil o futuro, mas o Brasil tem tudo para se recuperar —” , afirmou o governador Geraldo Alckmin num vídeo em que respondeu a perguntas de internautas pelo Twitter do Jornal O Globo.

Enquanto isso, o prefeito de São Paulo João Doria, apesar de ainda não ter manisfestado publicamente o desejo de se tornar o próximo presidente do país, já foi sondado por partidos como o DEM e também o PMDB.

Os convites vêm por causa das pesquisas de intenção de votos: Desde o período que assumiu o seu cargo na prefeitura de SP, Doria tem obtido resultados melhores que Alckmin.

PSDB segue sem a definição de quem escolherá para o páreo. De um lado está o novato prefeito João Doria, do outro o experiente governador Geraldo Alckmin.

Conforme pesquisa do DataPoder360 do mês de agosto, o prefeito teria 12% dos votos, diante dos 4% do governador. Por outro lado, os resultados do Instituto Paraná foram mais otimistas, apontando 40,3% das intenções voltadas para João Doria e somente 13,2% das intenções para Geraldo Alckmin.

Visando não perder o lugar para o companheiro de partido, o argumento da experiência política tem sido usado pelo governador inclusive dentro do partido como trunfo contra Doria. Afinal, o prefeito está em seu primeiro mandato, enquanto Alckmin acumula mais de 30 anos na política.

Vale lembrar que, no ano de 2006, o governador disputou a eleição com o ex-presidente Lula e perdeu no segundo turno.

Ainda durante a sua entrevista ao Twitter do Jornal O Globo, Geraldo Alckmin continuou ” Candidatura a cargo majoritário, como presidente da República, não é uma decisão pessoal. É uma decisão coletiva que começa pelo partido, tem que ouvir as alianças, a sociedade. Este é o bom caminho.”

Doria, que chegou à prefeitura de São Paulo tendo Alckmin como padrinho político, começou a rodar o país nas últimas semanas para receber homenagens e fazer reuniões com políticos e empresários. Aliados de Alckmin veem na iniciativa uma tentativa do prefeito de viabilizar uma candidatura à Presidência.

Doria não descarta publicamente a possibilidade, para irritação do grupo de Alckmin, mas garante que não disputará prévia com o governador.


Principais Candidatos a presidência nas eleições 2018 (Pesquisas)

O Brasil está a menos de um ano das convenções partidárias que lançarão os próximos candidatos à Presidência da República. As siglas políticas poderão se reunir entre 20 de julho e 5 de agosto de 2018 para definir as chapas que deverão ser inscritas até o dia 15 de agosto. 

Confira agora quais são os nomes mais cotados para as eleições 2018, de acordo com a revista revista norte-americana Forbes:

  1.  Lula (PT)
  2. Marina Silva (Partido Rede)
  3. Jair Bolsonaro (Partido social-cristão)
  4. Joaquim Barbosa (Ex-juiz da Suprema Corte)
  5. Geraldo Alckmin (PSDB)

A revista Forbes ainda observa que em janeiro de 2019 um novo presidente assumirá a liderará um país que implodiu completamente, desde os seus melhores tempos em meados da década de 2000. 

Para você, quem terá realmente chances de se dar bem nas eleições 2018? Deixe o seu comentário, pois a sua participação é de grande importância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *